Homofobia: Empresa de Teresina recusa serviço de filmagem a casal homossexual

"Não fazemos casamentos homoafetivos", disse a empresa a um casal de noivas; caso viralizou nas redes sociais

As namoradas Ludmila Chaves e Cindy Andrade estão juntas há 10 anos e decidiram se casar. Nos preparativos para o casamento, no entanto, foram vítimas de uma atitude homofóbica que viralizou nas redes sociais neste último final de semana.

Pelo WhatsApp, o casal procurou uma empresa de filmagem de Teresina (PI) para contratar o serviço para a cerimônia. Na conversa, que circula através de prints no Instagram e no Twitter, uma pessoa que representa a empresa pergunta a uma das mulheres “quem é o noivo”, ao que ela responde que seria outra noiva.

“Não fazemos casamentos homoafetivos”, respondeu a empresa.

Ao portal G1, as duas mulheres informaram que pretendem judicializar o caso, alegando homofobia, já que uma empresa não pode recusar um serviço por conta da orientação sexual do cliente.

Já a empresa Eu&Você Filmes desativou seus perfis nas redes sociais, diante das críticas de internautas, e informou que não se manifestará sobre o assunto.

O casal de noivas, com a grande repercussão do caso, vem recebendo apoio de internautas e mensagens de outras empresas oferecendo o serviço gratuitamente.

Confira a repercussão.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR