Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de janeiro de 2020, 18h27

Manifestantes fazem protesto em shopping de Maceió acusado de transfobia

Durante o ato, os presentes ecoaram a frase "ninguém solta a mão de ninguém" em solidariedade a Lanna Hellen, mulher trans impedida de usar o banheiro feminino por seguranças

Reprodução/Instagram/Danny Bond

O Shopping Pátio, de Maceió (AL), foi palco de um protesto mobilizado por ativistas LGBTs neste sábado (4) após seguranças terem impedido Lanna Hellen, mulher trans, de usar o banheiro feminino, na sexta-feira. Hellen disse que pretende processar o shopping, que nega a ação.

“Está acontecendo agora em Maceió um protesto contra o Shopping Pátio, responsável por um ato de transfobia ocorrido ontem. os manifestantes se reúnem em prol de Lanna, a mulher proibida de usar o banheiro feminino por um segurança do local, e pedem esclarecimentos da empresa sobre o caso”, publicou a página Visibilidade Transgênero no Instagram.

A cantora Danny Bond, uma das responsáveis por fazer a hashtag #shoppingpatiotransfobico ganhar destaque e fazer o caso ter repercussão nacional, publicou um vídeo do ato com os presentes entoando a frase “ninguém solta a mão de ninguém”.

Mais cedo, Hellen disse que pretende processar o estabelecimento pela ação e que chegou a ser procurada pela OAB. “O delegado disse que tem lei e que eu posso sim usar o banheiro, coisa que eu já sabia. Uma advogada da OAB me ligou e me deu todas as orientações sobre o caso. Eu já estou com advogada e vou entrar com todas as ações que eu puder contra esse shopping”, afirmou ao portal G1.

Em nota enviada à Fórum, o shopping informou que a mulher não foi impedida de usar o banheiro e que a ação dos seguranças foi necessária para garantir a segurança dela e das demais pessoas presentes

Confira imagens e vídeos da manifestação:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum