Vereadora Duda Salabert é vítima de transfobia em shopping: “Não atendemos homem”

Parlamentar mais votada de BH teve atendimento recusado em salão de beleza no Shopping Cidade por ser uma mulher trans

Duda Salabert (PDT), vereadora mais votada da história de Belo Horizonte (MG), denunciou nesta segunda-feira (25) um caso de transfobia que foi vítima. Segundo a parlamentar, ela esteve em um salão de beleza no Shopping Cidade, na capital mineira, para fazer a sobrancelha, mas teve o atendimento recusado por ser uma mulher trans.

Em suas redes sociais, Duda reproduziu o diálogo que teve e, segundo ela, uma funcionária afirmou que no local só se faria “sobrancelha feminina” e que lá “homens” não seriam atendidos.

A vereadora afirmou que é uma mulher trans e, mesmo assim, a atendente endossada pelas funcionárias, teria dito: “Não te atenderemos”.

“Recusaram me atender por eu ser uma mulher transexual. Amostra da transfobia diária desse país”, lamentou Duda, que informou que já fez uma reclamação formal junto ao shopping, que pediu desculpas pelo ocorrido. A vereadora anunciou, ainda, que fará uma denúncia formal contra o estabelecimento.

Fórum entrou em contato com o Shopping Cidade, via e-mail, para obter um posicionamento sobre o ocorrido, e aguarda retorno. O espaço está aberto para eventual manifestação.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR