Imprensa livre e independente
19 de fevereiro de 2019, 19h48

Luciano Bivar, presidente do PSL, vota contra governo na Câmara

A assessoria de imprensa do deputado informou se tratar de um "erro de digitação" e que o deputado teria votado de forma equivocada

Foto: Agência Brasil
O deputado federal Luciano Bivar, atual presidente do PSL e aliado de Jair Bolsonaro, votou contra o governo na primeira derrota do Planalto em votação na Câmara Federal, nesta terça-feira (19). Bivar votou pela aprovação da urgência do projeto que derruba o decreto de mudança da Lei de Acesso à Informação, publicado em janeiro pelo presidente, de acordo com informações de Angela Boldrini e Reynaldo Turollo Jr. da Folha de S.Paulo. Pivô da crise que atravessa o governo, com a revelação pela Folha da existência de um esquema de candidaturas laranjas do PSL para desviar verba pública eleitoral, Bivar foi conversar com...

O deputado federal Luciano Bivar, atual presidente do PSL e aliado de Jair Bolsonaro, votou contra o governo na primeira derrota do Planalto em votação na Câmara Federal, nesta terça-feira (19). Bivar votou pela aprovação da urgência do projeto que derruba o decreto de mudança da Lei de Acesso à Informação, publicado em janeiro pelo presidente, de acordo com informações de Angela Boldrini e Reynaldo Turollo Jr. da Folha de S.Paulo.

Pivô da crise que atravessa o governo, com a revelação pela Folha da existência de um esquema de candidaturas laranjas do PSL para desviar verba pública eleitoral, Bivar foi conversar com Bolsonaro antes da sessão. Em seguida, votou contra o governo, o que sinaliza que a crise está longe de terminar.

Além de Bivar, Coronel Tadeu (SP), outro deputado do PSL votou a favor da urgência. O requerimento foi aprovado por 367 votos, com apenas 57 votos contrários.

A assessoria de imprensa de Bivar divulgou a informação de que houve um “erro de digitação” e que o deputado teria votado errado.

Veja também:  Embaixador, por que não?!, por Marcos Danhoni

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum