Imprensa livre e independente
04 de abril de 2018, 17h05

Lula acompanha julgamento na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo

O local foi escolhido pelo que representa na trajetória do ex-presidente

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está nesta quarta-feira (4) no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), para acompanhar o julgamento do pedido do seu habeas corpus preventivo por parte do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. Ao lado de Lula estão a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-prefeito Fernando Haddad, os governadores Tião Viana (Acre), Wellington Dias (Piauí), Fernando Pimentel (Minas Gerais), os ex-ministros Miguel Rossetto e Paulo Vanucchi, o presidente do PT-SP, Luiz Marinho, e lideranças de movimentos populares como Vagner Freitas, presidente da CUT, e Gilmar Mauro, do MST. Integrantes da Ocupação Povo sem...

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está nesta quarta-feira (4) no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), para acompanhar o julgamento do pedido do seu habeas corpus preventivo por parte do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

Ao lado de Lula estão a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-prefeito Fernando Haddad, os governadores Tião Viana (Acre), Wellington Dias (Piauí), Fernando Pimentel (Minas Gerais), os ex-ministros Miguel Rossetto e Paulo Vanucchi, o presidente do PT-SP, Luiz Marinho, e lideranças de movimentos populares como Vagner Freitas, presidente da CUT, e Gilmar Mauro, do MST.

Integrantes da Ocupação Povo sem Medo, do MTST, também estão presentes.

O auditório do sindicato está lotado por apoiadores, militantes, sindicalistas e integrantes de movimentos populares.

O ex-presidente escolheu o sindicato, seu berço político, para assistir ao julgamento do habeas corpus, pedido por sua defesa ao STF.

Lula deve se pronunciar apenas depois do fim da sessão desta quarta.

 

Veja também:  Bolsonaristas lançam tag #BandLixo após estreia de Marco Antonio Villa na Rádio Bandeirantes

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum