Imprensa livre e independente
06 de abril de 2018, 17h11

Lula está tranquilo e sereno, diz Erundina

"É uma enorme injustiça que se comete contra Lula", afirmou.

A deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP) foi até o Sindicato dos Metalúrgicos no ABC na noite desta quinta (5) e voltou nesta sexta (6) para prestar solidariedade ao ex-presidente Lula. Erundina falou à Fórum sobre seu encontro com Lula na noite de ontem. “Ele está tranquilo e sereno. Nós estávamos tensos e ele ajudava a gente a viver esse momento dramático”, disse. “É uma enorme injustiça que se comete contra Lula”, afirmou. “Temos que denunciar aos quatro ventos. A democracia está sob risco, ameaçada fortemente.” Questionada sobre a união das esquerdas nesse momento, Erundina frisou que “requer de nossa parte...

A deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP) foi até o Sindicato dos Metalúrgicos no ABC na noite desta quinta (5) e voltou nesta sexta (6) para prestar solidariedade ao ex-presidente Lula. Erundina falou à Fórum sobre seu encontro com Lula na noite de ontem. “Ele está tranquilo e sereno. Nós estávamos tensos e ele ajudava a gente a viver esse momento dramático”, disse.

“É uma enorme injustiça que se comete contra Lula”, afirmou. “Temos que denunciar aos quatro ventos. A democracia está sob risco, ameaçada fortemente.” Questionada sobre a união das esquerdas nesse momento, Erundina frisou que “requer de nossa parte muita capacidade para compreendê-lo”. Para ela, o foco dessa injustiça é tirar Lula da disputa eleitoral deste ano.

Além de Erundina, diversas outras lideranças do PSOL foram ao sindicato se manifestar contra a prisão, entre eles, o deputado federal Ivan Valente, o pré-candidato à Presidência da República pelo partido Guilherme Boulos, o professor Valério Arcary, entre outros.

Em nota, o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, destacou que a prisão de Lula “é o mais recente episódio da perseguição judicial desencadeada pela Operação Lava Jato contra o líder petista”.

Veja também:  Procurador toma invertida ao acionar juiz sobre "vazamento" de delação de ex-Odebrecht sobre caso Lula

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum