Imprensa livre e independente
21 de maio de 2019, 21h23

Lula: “Eu gostaria de fazer uma delação contra o Moro, o TRF-4, o delegado, o Dallagnol”

“Na frente do Moro, eu disse: você está condenado a me condenar. Porque a quantidade de mentiras que vocês contaram, sabe, num acordo feito entre a Lava Jato e a imprensa brasileira”, afirmou o ex-presidente

Foto: Reprodução
Ainda em relação às delações premiadas, argumentos aceitos pela Lava Jato para prender Lula, ele disse, durante entrevista ao The Intercept Brasil: “Eu até brinco com os meus advogados que eu gostaria de fazer uma delação: fazer uma delação contra o Moro, fazer uma delação contra o TRF4, fazer uma delação contra o delegado que fez o inquérito mentiroso, uma delação contra o Dallagnol…”. Em seguida, o ex-presidente passou a falar sobre o ex-juiz Sérgio Moro: “Me parece que essa frase é de um filósofo inglês, eu não sei o nome, de que a desgraça da primeira mentira é que...

Ainda em relação às delações premiadas, argumentos aceitos pela Lava Jato para prender Lula, ele disse, durante entrevista ao The Intercept Brasil: “Eu até brinco com os meus advogados que eu gostaria de fazer uma delação: fazer uma delação contra o Moro, fazer uma delação contra o TRF4, fazer uma delação contra o delegado que fez o inquérito mentiroso, uma delação contra o Dallagnol…”.

Em seguida, o ex-presidente passou a falar sobre o ex-juiz Sérgio Moro: “Me parece que essa frase é de um filósofo inglês, eu não sei o nome, de que a desgraça da primeira mentira é que você passa o resto da vida mentindo para justificar a primeira mentira”, destacou.

“Quando eu fui fazer o primeiro depoimento para o Moro, na frente do Moro, eu disse: você está condenado a me condenar. Porque a quantidade de mentiras que vocês contaram, sabe, num acordo feito entre a Lava Jato e a imprensa brasileira – porque a Lava Jato não seria o que é se não fosse a cobertura da imprensa, um conluio entre os meios de comunicação, televisão, rádio e jornais, em que você tinha praticamente editores em cada jornal para receber as matérias em primeira mão antes dos advogados. Então, graças a esse conluio você construiu uma mentira. Eu fico pensando todo dia e toda hora o seguinte: como é que a Globo vai utilizar o Jornal Nacional para dizer: “erramos no caso do Lula”?, questionou.

Veja também:  Em viagem oficial, Moro esconde agenda nos Estados Unidos

Acordo

Ainda sobre a Lava Jato, Lula destacou que, aos poucos, a operação foi adotando uma prática política em benefício de quem dela participa. “Eu vou te fazer uma sugestão, uma denúncia que você pode ajudar a investigar. Não faz muito tempo, nós ficamos sabendo que houve um acordo feito no Departamento de Justiça dos Estados Unidos em que o Dallagnol estava pegando para o Ministério Público, para a operação Lava Jato, R$ 2,5 bilhões”, disse.

“Depois, saiu uma matéria com autorização, assinatura do senhor Moro, autorizando mais R$ 6,8 bilhões da Odebrecht, feito aqui no Brasil. E nós sabemos que tem acordo de dinheiro para a Lava Jato em várias outras empresas que agora eles não estão permitindo que se tenha acesso aos números. O PT, inclusive, está junto à presidência da Câmara para reivindicar à Caixa Econômica Federal que a gente possa saber quem é que fez acordo com a Lava Jato. Olha, na verdade, quando alguém faz um acordo desse e quer pegar R$ 2,5 bilhões ou R$ 13 bilhões ou R$ 6 bilhões, essa pessoa está construindo uma máquina política, está formando uma quadrilha”, acrescentou.

Veja também:  O que foi revelado até agora pela Lava Jato não é nada perto do que está por vir, diz Noblat

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum