Imprensa livre e independente
26 de agosto de 2017, 11h02

A luxuosa vida dos filhos de 4 patas de Ana Hickmann

A modelo apresentou o canil onde, segundo ela, vivem os seus “filhos de quatro patas”. No local, cada bichinho tem um espaço próprio de 15m², reposição de água automática, hospital com maternidade e veterinária uma vez por semana. Veja o vídeo.

A modelo apresentou o canil onde, segundo ela, vivem os seus “filhos de quatro patas”. No local, cada bichinho tem um espaço próprio de 15m², reposição de água automática, hospital com maternidade e veterinária uma vez por semana. Veja o vídeo. Da Redação* Crise? Só se for pra você, porque para os “filhos de quatro patas” da modelo Ana Hickmann está tudo mais do que certo. No canil da loira, que fica em sua já propalada mansão na cidade de Itu, interior de São Paulo, cada um dos bichinhos ocupa uma baia (lê-se quarto) de módicos 15 m². O local,...

A modelo apresentou o canil onde, segundo ela, vivem os seus “filhos de quatro patas”. No local, cada bichinho tem um espaço próprio de 15m², reposição de água automática, hospital com maternidade e veterinária uma vez por semana. Veja o vídeo.

Da Redação*

Crise? Só se for pra você, porque para os “filhos de quatro patas” da modelo Ana Hickmann está tudo mais do que certo. No canil da loira, que fica em sua já propalada mansão na cidade de Itu, interior de São Paulo, cada um dos bichinhos ocupa uma baia (lê-se quarto) de módicos 15 m².

O local, que foi apresentado por ela através de um vídeo no seu canal do Youtube, conta com chão anti-derrapante e uma cama para cada um, até mesmo para o pequeno vira-lata Dólar. Em suas baias, os animais usufruem de uma estrutura de madeira para evitar que durmam no frio, e, até, tigela d’água com um sistema de reposição automática para que não passem sede.

Veja também:  Bolsonaro exclui médico, juiz, psicólogo e sociedade civil de Conselho Nacional de Políticas sobre drogas

Em seguida, a modelo apresenta o lugar – gigantesco – onde ficam os seus cães maiores, de raça africana:

“É um lugar que fizemos aqui na casa para eles se exercitarem. E não adianta apenas espaço grande. A gente percebeu que essa raça tem que trabalhar tração, fazer força mesmo (…) então fizemos um espaço de areia, grande, onde eles correm muito, brincam”, contou, mostrando cuidados peculiares como plantação de jabuticaba em volta do terreno para drenar a água do campo em períodos de chuva, e de citronela para repelir moscas e outros insetos.

Por fim, a apresentadora abre as portas da área veterinária, que não deixa a desejar em relação a nenhuma clínica. A sala é equipada com espaço de maternidade para os cães, uma farmácia repleta de remédios, balança e até um centro cirúrgico.

“A veterinária do canil mora em São Paulo, mas vem uma vez por semana pra cuidar da turma toda”, esclarece ela, enquanto mostra um calendário com o horário de remédio de cada bichinho.

Veja também:  Bolsonaro justifica fala contra nordestinos e chama general que o criticou de "melancia"

*Com informações do Extra

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum