Imprensa livre e independente
19 de julho de 2016, 11h22

Machado promete entregar 50 nomes de deputados beneficiados para favorecer Aécio Neves

Ex-diretor da Transpetro se comprometeu a entregar uma lista com os parlamentares que, segundo ele, conseguiram verba de campanha em troca do apoio a Aécio Neves na disputa pela presidência da Câmara em 2001.

Ex-diretor da Transpetro se comprometeu a entregar uma lista com os parlamentares que, segundo ele, conseguiram verba de campanha em troca do apoio a Aécio Neves na disputa pela presidência da Câmara em 2001 Por Redação O ex-diretor da Transpetro, Sérgio Machado, que assinou um acordo de delação premiada após vazar áudios de membros do alto escalão do governo interino de Michel Temer, se comprometeu a entregar à Procuradoria Geral da República (PGR) uma lista complementar à sua delação. As informações são do colunista Lauro Jardim. Nela, irá constar o nome de 50 deputados para os quais Machado teria arrecadado verbas...

Ex-diretor da Transpetro se comprometeu a entregar uma lista com os parlamentares que, segundo ele, conseguiram verba de campanha em troca do apoio a Aécio Neves na disputa pela presidência da Câmara em 2001

Por Redação

O ex-diretor da Transpetro, Sérgio Machado, que assinou um acordo de delação premiada após vazar áudios de membros do alto escalão do governo interino de Michel Temer, se comprometeu a entregar à Procuradoria Geral da República (PGR) uma lista complementar à sua delação. As informações são do colunista Lauro Jardim.

Nela, irá constar o nome de 50 deputados para os quais Machado teria arrecadado verbas de campanha em 1998. Esses mesmos parlamentares teriam votado em Aécio Neves (PSDB) para presidente da Câmara em 2001, como contrapartida. O tucano atualmente é senador pelo estado de Minas Gerais.

Foto de Capa: Marcos Oliveira/Agência Senado

Veja também:  Future-se: o novo requentado

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum