Imprensa livre e independente
29 de outubro de 2014, 14h58

“Mais generosidade e menos preconceito”, pede ex-presidente Lula

Em vídeo, Lula manda mensagem para que as pessoas não alimentem um discurso de ódio e saibam reconhecer as mudanças realizadas no país, como a ascensão social dos mais pobres e o fortalecimento da cidadania; assista.

Em vídeo, Lula manda mensagem para que as pessoas não alimentem um discurso de ódio e saibam reconhecer as mudanças realizadas no país, como a ascensão social dos mais pobres e o fortalecimento da cidadania; assista Por Redação Nesta quarta-feira (29), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou, em sua página oficial no Facebook, um vídeo em que avalia o resultado do segundo turno das eleições presidenciais. Ele afirma acreditar que “em nenhum momento da história” houve um ataque tão forte ao PT como nessa disputa. Na gravação, o petista ressalta que o povo brasileiro deu uma “lição” nos políticos, pois...

Em vídeo, Lula manda mensagem para que as pessoas não alimentem um discurso de ódio e saibam reconhecer as mudanças realizadas no país, como a ascensão social dos mais pobres e o fortalecimento da cidadania; assista

Por Redação

Nesta quarta-feira (29), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou, em sua página oficial no Facebook, um vídeo em que avalia o resultado do segundo turno das eleições presidenciais. Ele afirma acreditar que “em nenhum momento da história” houve um ataque tão forte ao PT como nessa disputa. Na gravação, o petista ressalta que o povo brasileiro deu uma “lição” nos políticos, pois mostrou saber o que quer para o país.

O ex-presidente também destacou a ascensão social de parte da população nos últimos anos e defendeu o programa Bolsa Família para o combate à miséria e o fortalecimento da cidadania. “Eu acho que há um equívoco das pessoas que se opõem às políticas sociais. As pessoas deveriam agradecer a Deus por essas políticas sociais porque elas elevaram a vida das pessoas, elevaram o consumo de alimento, diminuíram a mortalidade infantil e fizeram as pessoas virarem cidadãs. Eu acho que mais generosidade e menos preconceito vão fazer muito bem para esse país”, afirmou.

Veja também:  Acordo fechado: Governo vai pagar R$ 40 milhões a cada deputado que aprovar reforma da Previdência

Assista ao vídeo:

Foto de capa: Instituto Lula

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum