Imprensa livre e independente
26 de maio de 2019, 14h50

Manifestação pró-Bolsonaro usa caminhões do Exército para convocar população no Paraná

As Forças Armadas são proibidas de participar de manifestações populares ou de fazer convocações para esse tipo de ato

Foto: Reprodução
Caminhões caracterizados com símbolos e cores do Exército foram usados, no sábado (25), para convocar a população da cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, a participar das manifestações pró-Bolsonaro, neste domingo (26). A Folha de S.Paulo recebeu de um leitor um vídeo no qual mostra dois caminhões aparentemente do Exército desfiando pelas ruas do município, com faixas chamando para o ato. No vídeo, é possível ouvir a voz de uma pessoa dizendo: “Vocês não podem fazer isso”, em alusão ao fato de que não é permitido ao Exército participar de manifestações populares ou fazer convocações para esse tipo de...

Caminhões caracterizados com símbolos e cores do Exército foram usados, no sábado (25), para convocar a população da cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, a participar das manifestações pró-Bolsonaro, neste domingo (26).

A Folha de S.Paulo recebeu de um leitor um vídeo no qual mostra dois caminhões aparentemente do Exército desfiando pelas ruas do município, com faixas chamando para o ato.

No vídeo, é possível ouvir a voz de uma pessoa dizendo: “Vocês não podem fazer isso”, em alusão ao fato de que não é permitido ao Exército participar de manifestações populares ou fazer convocações para esse tipo de ato.

A Folha encaminhou o vídeo à assessoria de imprensa do Exército, questionando a utilização dos caminhões para esse fim. A resposta foi que a manifestação não foi feita por integrantes da corporação e que as viaturas militares mostradas no vídeo são antigas.

“Com autorização, as unidades militares promovem leilões de veículos destinados a colecionadores. As vendas costumam ocorrer quando as viaturas são consideradas não úteis, ou seja, quando o custo de manutenção chega quase ao valor total do veículo”.

Veja também:  O que foi revelado até agora pela Lava Jato não é nada perto do que está por vir, diz Noblat

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum