Imprensa livre e independente
28 de outubro de 2018, 19h53

Manuela D’Ávila: “A tristeza tem que se transformar rapidamente em resistência”

Manuela lembrou o poema “Mãos Dadas”, de Carlos Drummond de Andrade

Foto: Facebook
Assim que foi confirmada a vitória de Jair Bolsonaro (PSL), Manuela D’Ávila (PCdoB), candidata a vice de Fernando Haddad (PT), postou nas redes sociais: “É justo que fiquemos tristes e preocupados, com a gente, com os nossos, com o Brasil. Mas a tristeza tem que se transformar rapidamente em resistência”, escreveu. Manuela lembrou ainda o poema “Mãos Dadas”, de Carlos Drummond de Andrade: “O presente é tão grande, não nos afastemos Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas” Leia a mensagem na íntegra abaixo: Perdemos, é justo que fiquemos tristes e preocupados, com a gente, com os nossos, com...

Assim que foi confirmada a vitória de Jair Bolsonaro (PSL), Manuela D’Ávila (PCdoB), candidata a vice de Fernando Haddad (PT), postou nas redes sociais: “É justo que fiquemos tristes e preocupados, com a gente, com os nossos, com o Brasil. Mas a tristeza tem que se transformar rapidamente em resistência”, escreveu.

Manuela lembrou ainda o poema “Mãos Dadas”, de Carlos Drummond de Andrade:

“O presente é tão grande, não nos afastemos
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas”

Leia a mensagem na íntegra abaixo:

Perdemos, é justo que fiquemos tristes e preocupados, com a gente, com os nossos, com o Brasil. Mas a tristeza tem que se transformar rapidamente em resistência. 
O espírito desses últimos dias, nos quais milhares foram pras ruas pra virar votos de um modo tão bonito precisa se manter e se multiplicar. 
Eles venceram, mas a luta vai continuar. 
Vamos permanecer juntos, resistir e defender a democracia e a liberdade.
Como diria Drummond: 
“Não serei o poeta de um mundo caduco
Também não cantarei o mundo futuro
Estou preso à vida e olho meus companheiros
Estão taciturnos mas nutrem grandes esperanças
Entre eles, considero a enorme realidade
O presente é tão grande, não nos afastemos
Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas”

Veja também:  Frota nas páginas amarelas da Veja: "O Jair fala demais"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags