Imprensa livre e independente
21 de maio de 2016, 15h54

Maradona publica homenagem e afirma ser ‘soldado de Lula e Dilma’

O ex-jogador, ícone do futebol argentino, postou a foto em seu perfil oficial no Facebook neste sábado (21).

O ex-jogador, ícone do futebol argentino, postou a foto em seu perfil oficial no Facebook neste sábado (21) Por Redação O ex-jogador Diego Maradona, ícone do futebol argentino, publicou no Facebook, neste sábado (21), uma foto em que segura uma camiseta da seleção brasileira com o nome do ex-presidente Lula e o número 18, provavelmente em referência ao ano eleitoral de 2018. Como legenda, ele escreveu a frase “Um soldado de Lula e Dilma” em português, inglês e espanhol. Em cerca de três horas, a publicação alcançou mais de 2.500 comentários e quase 8 mil compartilhamentos. Sempre que pode, Maradona reafirma seu posicionamento político...

O ex-jogador, ícone do futebol argentino, postou a foto em seu perfil oficial no Facebook neste sábado (21)

Por Redação

O ex-jogador Diego Maradona, ícone do futebol argentino, publicou no Facebook, neste sábado (21), uma foto em que segura uma camiseta da seleção brasileira com o nome do ex-presidente Lula e o número 18, provavelmente em referência ao ano eleitoral de 2018. Como legenda, ele escreveu a frase “Um soldado de Lula e Dilma” em português, inglês e espanhol.

Em cerca de três horas, a publicação alcançou mais de 2.500 comentários e quase 8 mil compartilhamentos. Sempre que pode, Maradona reafirma seu posicionamento político de esquerda. Além de apoiar Lula e Dilma Rousseff, ele também é próximo ao ex-presidente cubano Fidel Castro e tinha boa relação com o ex-mandatário da Venezuela Hugo Chávez.

Veja também:  Sem saber o que é, Bolsonaro volta a criticar Foro de São Paulo na internet

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum