Imprensa livre e independente
06 de setembro de 2018, 08h58

Marcelo Adnet se espanta com repercussão à imitação de Bolsonaro: “Nunca vi reações tão violentas”

O esquete faz parte de uma série de vídeos do jornal O Globo, onde Adnet imita candidatos à presidência. Veja o vídeo aqui

A imitação de Adnet. Foto: Reprodução
O humorista Marcelo Adnet afirmou, nesta quarta-feira (5), ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, ter ficado surpreso com a reação agressiva dos eleitores de Jair Bolsonaro, que criticaram a paródia feita por ele sobre as promessas de campanha do político do PSL. “Nunca vi reações tão violentas na minha vida”, disse o humorista. A imitação faz parte de uma série de vídeos do jornal O Globo, onde Adnet imita candidatos à presidência. Para ele, “a tolerância dos seguidores de cada candidato é diferente, e isso mostra qual será o clima dependendo de quem for eleito”. “Tem seguidores que não aceitam piada...

O humorista Marcelo Adnet afirmou, nesta quarta-feira (5), ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, ter ficado surpreso com a reação agressiva dos eleitores de Jair Bolsonaro, que criticaram a paródia feita por ele sobre as promessas de campanha do político do PSL. “Nunca vi reações tão violentas na minha vida”, disse o humorista.

A imitação faz parte de uma série de vídeos do jornal O Globo, onde Adnet imita candidatos à presidência. Para ele, “a tolerância dos seguidores de cada candidato é diferente, e isso mostra qual será o clima dependendo de quem for eleito”.

“Tem seguidores que não aceitam piada de jeito nenhum, enquanto outros levam na brincadeira. Eu sou corajoso e vou continuar fazendo meu trabalho, mas acho revelador ter um grupo tão forte querendo fazer você calar a boca, dizendo que você tem que parar de trabalhar. É uma campanha muito pesada contra o contraditório, contra quem pensa diferente”, disse.

A série já contou com paródias de Bolsonaro (PSL) e Ciro Gomes (PDT) publicadas. O humorista explicou:

Veja também:  Líder chinês exclui Bolsonaro de reunião e dá indício de fim do BRICS

“Você acaba sublinhando os pontos polêmicos e sensíveis dos candidatos. Eu embarquei nessa aventura, de fazer as imitações de cara limpa, sem peruca nem maquiagem, porque acho que são importantes neste momento. As pessoas que gostam de política deveriam usar mais esse espaço (do humor) para falar sobre o assunto.”

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum