TRAGÉDIA AMBIENTAL

Amazônia registra o maior número de incêndios para maio desde 2004, aponta relatório

Segundo dados do Inpe, a floresta amazônica teve mais de 2 mil focos de incêndios; o Cerrado também registrou o maior índice de queimadas desde 1998

Amazônia registra o maior número de incêndios para maio desde 2004, aponta relatório.
Escrito en MEIO AMBIENTE el

Relatório divulgado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revela que a Amazônia brasileira registrou 2.287 focos de incêndios no mês de maio.

De acordo com instituto, o registro é 96% superior ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 1.166 focos incêndios e o maior índice para o mês de maio desde 2004, quando foram registrados 3.131 incêndios.  

Segundo o Inpe, com o aumento das queimadas em maio, o número de fontes de calor nos primeiros cinco meses de 2022 subiu para 4.971, ou seja, um crescimento de 22% em relação ao mesmo período de 2021. 

Além disso, o instituto informa que no Cerrado houve 3.578 incêndios, um aumento de 35% em relação a maio de 2021. É o número mais alto para um mês de maio desde 1998, quando os registros foram iniciados. 

 

 

Com informações da DW

Temas