PERIGO

Maior iceberg do mundo se solta e ameaça biodiversidade na Antártida

Com mais de 4 mil km² de extensão, o "A23a" estava encalhado havia mais de 30 anos

Iceberg.Créditos: 12019/Pixabay
Escrito en MEIO AMBIENTE el

Após 30 anos, o maior iceberg do mundo, localizado na Antártida, se soltou e representa ameaça à vida selvagem da região, revelam imagens de satélite 

O "A23a", como foi chamado, tem 4 mil km² de extensão, três vezes o tamanho de Nova York e se soltou pela primeira vez em 1986, da plataforma de gelo Filchner-Ronne, mas estava encalhado no Mar de Weddell.

De acordo com a glaciologista do British Antarctic Survey, Oliver Marsh, em entrevista à CNN, é raro ver um iceberg deste tamanho. Ela afirma que ele será observado e explica que, provavelmente, se soltou por ter diminuído um pouco e ganhado flutuabilidade.  

Rota do iceberg

O gigante segue para a Corrente Circumpolar Antártica, onde será direcionado ao Oceano Antártico pelo “beco dos icebergs”, caminho onde outros blocos de gelo podem ser encontrados flutuando.

O perigo está na possibilidade dele ficar encalhado na Ilha da Geórgia do Sul, onde milhões de focas, pinguins e aves marinhas se reproduzem e se alimentam

Em 2020, outro iceberg, o "A68", causou medo na comunidade científica por se direcionar à Ilha da Geórgia do Sul. No entanto, ele se partiu em pedaços, evitando uma tragédia para a vida marinha. Mash acredita que o "A23a" terá o mesmo destino.