Imprensa livre e independente
26 de maio de 2009, 15h52

Microsoft bloqueia MSN para o “eixo do mal”

Empresa decidiu bloquear o acesso ao serviço Windows Live Messenger na Coreia do Norte, Irã, Iraque, Cuba, Síria e Sudão, países que estão sujeitos a sanções econômicas dos Estados Unidos

Empresa decidiu bloquear o acesso ao serviço Windows Live Messenger na Coreia do Norte, Irã, Iraque, Cuba, Síria e Sudão, países que estão sujeitos a sanções econômicas dos Estados Unidos Por Redação A Microsoft decidiu bloquear o acesso ao serviço Windows Live Messenger na Coreia do Norte, Irã, Iraque, Cuba, Síria e Sudão, países que estão sujeitos a sanções econômicas dos Estados Unidos. No Irã, o acesso ao Facebook foi reaberto, depois de ter estado suspenso durante alguns dias. Os países que estão sujeitos a sanções econômicas dos Estados Unidos deixaram de poder utilizar os serviços associados ao Windows Live...

Empresa decidiu bloquear o acesso ao serviço Windows Live Messenger na Coreia do Norte, Irã, Iraque, Cuba, Síria e Sudão, países que estão sujeitos a sanções econômicas dos Estados Unidos

Por Redação

A Microsoft decidiu bloquear o acesso ao serviço Windows Live Messenger na Coreia do Norte, Irã, Iraque, Cuba, Síria e Sudão, países que estão sujeitos a sanções econômicas dos Estados Unidos. No Irã, o acesso ao Facebook foi reaberto, depois de ter estado suspenso durante alguns dias.

Os países que estão sujeitos a sanções econômicas dos Estados Unidos deixaram de poder utilizar os serviços associados ao Windows Live Messenger, da Microsoft, que tomou esta decisão.

A partir desta terça feira, os utilizadores que tentarem aceder ao Messenger a partir da Coreia do Norte, Irã, Iraque, Cuba, Síria e Sudão encontrarão uma mensagem de erro que os impede de utilizar os serviços.

Por outro lado, e após alguns dias em que o acesso esteve vedado, os internautas iranianos voltaram nesta terça feira a poder aceder ao Facebook, uma rede social que está a ser bastante utilizada pelos candidatos às eleições presidenciais que se realizam a 12 de Junho no Irã.

Veja também:  Operação de Trump para prender 2 mil imigrantes neste domingo causa pânico em cidades dos EUA

Do Esquerda.net.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum