Alexandre Garcia diz que, sem Covid-19, 350 milhões de brasileiros morreram de doenças respiratórias em 1 ano

País tem cerca de 210 milhões de habitantes. Jornalista citou o dado falso para diminuir as mais de 300 mil mortes por coronavírus

O jornalista bolsonarista Alexandre Garcia afirmou na CNN Brasil que, sem incluir a Covid-19, 356 milhões de brasileiros morreram de doenças respiratórias desde o dia 16 de março de 2020. O dado falso foi utilizado por ele para diminuir as mais de 300 mil mortes por coronavírus no país.

“A gente não pode esquecer de outras doenças. A gente está muito concentrado. Veja só, de 16 de março para cá, de acordo com registro civil das certidões de mortes, veja só o que as doenças respiratórias mataram”, iniciou o jornalista.

“Sem o Covid, pneumonia, síndrome respiratória aguda e insuficiência respiratória mataram 356 milhões de brasileiros no mesmo período em que a Covid matou 300 mil”, completou Garcia. O Brasil, no entanto, tem 211,8 milhões de habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O comentário do jornalista foi feito após o presidente Jair Bolsonaro afirmar em rede nacional, na noite de terça-feira (23), que o país terá mais de 500 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus até o fim de 2021.

“Estamos fazendo e vamos fazer de 2021 o ano da vacinação dos brasileiros”, disse o mandatário. Bolsonaro, no entanto, negou a eficiência do imunizante e fez campanha pelo uso de medicamentos sem comprovação científica durante os meses anteriores da pandemia.

Notícias relacionadas

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Você pode estar junto nesta luta.

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR