Bate-boca com Guga Chacra na GloboNews coloca Demétrio Magnoli nos temas mais comentados do Twitter; assista

Demétrio Magnoli criticou a eficácia do lockdown "violento" em Nova York. "Não sei há quanto tempo você não vem para Nova York, moro aqui há 16 anos, Demétrio, posso te assegurar que não há lockdown", rebateu Guga Chacra

Um bate-boca ao vivo na GloboNews com Guga Chacra, correspondente da Globo em Nova York, colocou o nome do comentarista Demétrio Magnoli entre os assuntos mais comentados no Twitter na manhã desta quinta-feira (14).

Em um comentário, Magnoli criticou a eficácia do lockdown “violento” em Nova York, comparando com a Flórida, e foi detonado por Chacra, que mora na cidade estadunidense.

“A Flórida nunca fez lockdown, fez medidas de quarentena. Nova York fez um lockdown violento no primeiro semestre do ano passado e, agora, tem um semi-lockdown. Em Nova York, [o lockdown] também não está funcionando, está em uma situação pior que a Flórida agora. No mundo inteiro, a pandemia está explodindo, com ou sem lockdown”, afirmou Magnoli, que durante o bate boca ainda criticou o correspondente da Globo por elogiar “tanto o Andrew Cuomo [governador de Nova York]”. “Nova York é um dos piores lugares do mundo para se estar durante a pandemia”, disse.

Guga Chacra desconstruiu a tese de Magnoli, dizendo que a comparação com a Flórida “não faz muito sentido” e que “não tem lockdown em Nova York, nem lockdown parcial”. “Não sei como surgiu essa informação, eu estou em Nova York, moro aqui e posso te assegurar”, disse o jornalista que ressaltou que não fez elogios ao governador novaiorquino.

“Não elogiei o governador, por favor. Isso não é verdade, só disse que Nova York não está em lockdown parcial porque estou aqui. Não sei há quanto tempo você não vem para Nova York, moro aqui há 16 anos, Demétrio, posso te assegurar que não há lockdown”, disse Chacra, antes de ser interrompido pelo apresentador, Marcelo Cosme, que botou panos quentes na discussão.

Assista:

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR