Declaração de Bolsonaro de que Brasil “merece sofrer” se eleger Lula repercute internacionalmente

Jornais destacaram a vantagem do ex-presidente nas pesquisas de opinião e a abertura da CPI do Genocídio

O comentário feito pelo presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (19) sobre os apoiadores do ex-presidente Lula gerou repercussão negativa na imprensa internacional. Jornais e agências de notícias reportaram a fala de que quem votar no ex-presidente “merece sofrer”.

“Foi 8 a 3 o placar lá [no STF]. Você interprete como quiser. Agora, pelo amor de Deus, o povo que por ventura vote em um cara desses, é um povo que merece sofrer”, disse Bolsonaro em conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada.

Diversas agências de notícias, dentre as quais ANSA, EFE, Télam, Reuters e Sputnik News, reportaram a declaração infeliz, que foi parar em veículos de diferentes países, principalmente da América Latina.

Na Argentina, o comentário saiu nos principais jornais e portais: Clarín, La Nación, Minuto Uno, InfoBae. Os veículos destacaram que Lula aparece na liderança de pesquisas de opinião sobre as eleições de 2022 e que o presidente será alvo da CPI do Genocídio por conta de suas omissões durante a pandemia de Covid-19.

A declaração também chegou ao México, através da Forbes, ao Equador, no El Comércio, e ao Uruguai, no tradicional El Pais. O jornal peruano Libero também reportou a informação, apontando que era difícil de acreditar na notícia.

Notícias relacionadas

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina