O que o brasileiro pensa?
02 de julho de 2020, 14h42

Globo acusa Flamengo de violar contrato e abandona transmissão do campeonato carioca

Após retorno polêmico, o estadual do Rio de Janeiro agora fica sem transmissão na TV

Foto: Reprodução/YouTube

O Grupo Globo anunciou nesta quinta-feira (2) o rompimento do contrato de transmissão do Campeonato Carioca de Futebol com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ) e com os clubes do estado. A decisão foi tomada após o Flamengo decidir transmitir um de seus jogos no YouTube, contrariando a cláusula de exclusividade do contrato com a federação.

“Como a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e os demais Clubes não foram capazes de garantir a exclusividade prevista no contrato, não restou à Globo outra alternativa além da rescisão e o encerramento das transmissões dos jogos do Carioca – incluindo os três jogos de hoje que encerram a quinta rodada da Taça Rio e que seriam exibidos no Sportv e no Premiere”, afirmou a emissora em nota.

O Flamengo não fechou contrato de transmissão com a Globo por não concordar com os valores oferecidos, mas a emissora ainda detinha a exclusividade da transmissão. Na noite de quarta-feira (2), o clube exibiu a partida contra o Boavista na FlaTV, o que gerou rechaço da Globo. A diretoria usou uma MP publicada por Jair Bolsonaro para justificar a atitude.

A medida acontece em meio ao polêmico retorno do campeonato, que programou a volta mesmo diante da pandemia do novo coronavírus. Com o apoio do presidente Jair Bolsonaro e do prefeito Marcelo Crivella, a FERJ definiu a volta contra a vontade de Fluminense e Botafogo – que defendiam maior cautela.

Até o momento, apenas o campeonato estadual do Rio de Janeiro decidiu pelo retorno. Crivella, inclusive, autorizou a realização de jogos com torcida.

O retorno do campeonato gerou protestos de torcedores dos quatro grandes clubes no dia 18 de junho.

Leia na íntegra a nota da Globo:

“A Globo anunciou hoje que não vai mais transmitir o Campeonato Carioca. A emissora rescindiu o contrato que mantinha com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e com os Clubes, mas manterá os pagamentos desta temporada.

No entendimento da Globo, o contrato foi violado ontem, quando a FlaTV exibiu ao vivo a partida entre Flamengo e Boavista. De acordo com o contrato, a Globo tinha exclusividade na transmissão dos jogos do Campeonato Carioca. A Federação e onze Clubes assinaram o compromisso. A exceção foi o Flamengo. Na ocasião da assinatura e por várias temporadas em que o contrato foi cumprido, a legislação brasileira previa que, para a transmissão de qualquer partida, era necessária a obtenção de direitos dos dois Clubes envolvidos. Legalmente, ninguém poderia transmitir os jogos do Flamengo no Carioca e só a Globo poderia transmitir os demais.

No dia 18 de junho, a Presidência da República editou a Medida Provisória 984, passando ao mandante dos jogos os direitos de transmissão. O Flamengo se baseou nessa MP para transmitir a sua partida ontem no Maracanã. A Globo entende que a Medida Provisória não poderia alterar um contrato celebrado antes de sua edição e protegido pela Constituição.

Como a Federação de Futebol do Rio de Janeiro e os demais Clubes não foram capazes de garantir a exclusividade prevista no contrato, não restou à Globo outra alternativa além da rescisão e o encerramento das transmissões dos jogos do Carioca – incluindo os três jogos de hoje que encerram a quinta rodada da Taça Rio e que seriam exibidos no Sportv e no Premiere.

A Globo é parceira e incentivadora do futebol brasileiro há muitas décadas e entende a importância do esporte para Clubes, jogadores, marcas e torcedores. Exatamente por isso, apesar da decisão de rescindir o contrato imediatamente, a Globo está disposta a fazer os pagamentos restantes desta temporada, em nome da sua parceria histórica com o futebol e da sua boa relação com as equipes. Mas acredita que o futebol só será capaz de vencer as inúmeras dificuldades com planejamento e segurança jurídica para aqueles que investem altas quantias nesse negócio tão importante para o Brasil e para os brasileiros.”


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum