O que o brasileiro pensa?
26 de junho de 2020, 22h15

JN, da Globo, mantém Bolsonaro em foco em várias matérias

O último bloco do Jornal Nacional foi dedicado quase inteiramente às polêmicas que giram no entorno do presidente

Reprodução/TV Globo

O Jornal Nacional, da TV Globo, desta sexta-feira (26) deu destaque às últimas polêmicas que giram em torno do presidente Jair Bolsonaro. O telejornal fez questão de falar sobre o advogado Frederick Wassef, as investigações esquema das rachadinhas que teriam ocorrido no gabinete de Flávio Bolsonaro e a falsa titulação de Calos Alberto Decotelli.

O último bloco do Jornal Nacional emendou uma sequência de reportagens que atingem o presidente e seus aliados. A primeira tratou sobre uma possível interferência da Procuradoria-Geral da República – comandada por Augusto Aras – na Operação Lava Jato. Foi o presidente quem escolheu Aras para o posto, à contragosto dos procuradores.

Em seguida, vieram à tona as contradições do desembargador Paulo Rangel, um dos integrantes da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que votou a favor de um habeas corpus apresentado pela defesa de Flávio Bolsonaro que pedia que as investigações do caso das rachadinhas passassem para Órgão Especial do TJ.

Uma longa matéria baseada na entrevista de Frederick Wassef, ex-advogado de Flávio no caso, à Revista Veja também foi exibida. O JN destacou as mudanças de versão feitas por Wassef.

O telejornal ainda mostrou pesquisa Datafolha que aponta que a avaliação do presidente segue negativa e que a aprovação do Ministério da Saúde despencou com as mudanças promovidas pelo ex-capitão.

A polêmica envolvendo o novo ministro da Saúde, Carlos Alberto Decotelli, também ganhou espaço. O currículo, anunciado por Bolsonaro, foi desmentido.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum