Jornal Nacional desmente Pazuello e exibe live em que ministro defende “tratamento precoce”

Ministro da Saúde afirmou nesta segunda-feira que nunca defendeu tratamento precoce mas, sim, "atendimento precoce"; telejornal da Globo confrontou com imagens e documentos

Em sua edição da noite desta segunda-feira (18), o Jornal Nacional, da Globo, desmentiu em rede nacional o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O telejornal destacou que, na parte da tarde, em coletiva de imprensa, Pazuello disse que nunca defendeu o chamado tratamento precoce contra a Covid-19. A mudança de discurso do ministro vem após os diretores colegiados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmarem que não existe tratamento precoce e nem medicamento contra a doença do coronavírus.

As imagens da diretoria colegiada da Anvisa refutando a tese do tratamento precoce também foram exibidas pelo telejornal que, na sequência, veiculou as imagens de Pazuello, na coletiva de hoje, dizendo que não defende a prática mas, sim, o “atendimento precoce”, e que nunca autorizou o Ministério da Saúde a fazer protocolo indicando medicamentos como a cloroquina.

Logo depois, então, o repórter Marcos Losekann rebate o ministro, lembrando que ele defendeu durante uma live em 7 de janeiro, ao lado de Bolsonaro, o tratamento precoce que agora ele diz não defender. Neste momento, então, foram exibidas as imagens em que Pazuello diz: “Não existe outra saída se não diagnosticarmos o mais rápido possível e iniciar o tratamento precoce o mais rápido possível”.

“Apesar das declarações de Pazuello de hoje, o Ministério da Saúde recomenda efetivamente o uso de medicamentos sem comprovação para o tratamento precoce da Covid”, reforçou o repórter, antes de serem exibidas imagens do documento da pasta encaminhado aos profissionais de saúde de Manaus (AM) em que são listados, como orientação, medicamentos, entre eles a cloroquina, para o tratamento precoce da Covid-19.

O fato do principal telejornal da Globo ter desmentido o ministro da Saúde chamou a atenção de internautas e repercutiu nas redes sociais.

Confira algumas reações.

Publicidade

Publicidade

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_