Jornalista entra com ação por danos morais após Bolsonaro a acusar de divulgar fake news

Bianca Santana, que foi citada por Bolsonaro em live, diz que doará o valor, estipulado em R$ 50 mil, para projetos de busca por verdade e justiça sobre o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes

A jornalista, pesquisadora e escritora Bianca Santana entrou na Justiça com uma ação de indenização por danos morais contra Jair Bolsonaro que, em live no dia 28 de maio, a acusou de divulgar fake news.

No vídeo, Bolsonaro afirma ter solicitado aos seus assessores que reunissem “fake news da mídia”. “Tem uma tal de Bianca Santana aqui, uma blogueira, né?”, disse ao ler um dos textos. Em seguida, o presidente citou reportagem publicada pelo site Huffpost em 2018 sobre propaganda eleitoral do PT barrada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O texto não era de autoria de Bianca Santana e, na verdade, confirmava que Bolsonaro havia sido alvo de fake news. A jornalista pede R$ 50 mil de reparação.

Nas redes sociais, Bianca afirmou que caso ganhe a ação, o valor será doado, integralmente, para projetos de busca por verdade e justiça sobre o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.