O que o brasileiro pensa?
29 de dezembro de 2019, 10h49

O Globo diz que Bolsonaro encerra ano com “avanços na Economia” e apanha nas redes

Texto defende cortes de investimentos, reforma da Previdência, mas admite, inevitavelmente, o alto índice de desemprego

Paulo Guedes e Bolsonaro. (Reprodução)

O jornal O Globo, da família Marinho, publica texto neste domingo (29), assinado por Paulo Celso Pereira, onde afirma que o presidente Jair Bolsonaro encerra o ano com “avanços na Economia” e “retrocessos na Educação e Meio Ambiente”. Desde as primeiras horas da madrugada, postagens na internet, em sua grande maioria irônicas, criticam a matéria.

O texto afirma que “o ambiente belicoso não impediu o governo Bolsonaro de terminar seu primeiro ano com avanços em uma agenda econômica fundamental para pavimentar o fim da recessão, mas contribuiu para que ele não deixasse marcas relevantes em outras áreas”.

O jornalista diz, ao defender cortes de investimentos, que o governo “ampliou seu controle sobre o orçamento e impediu canetadas presidenciais que tentavam desestruturar políticas públicas consolidadas nas últimas três décadas”.

Alinhado com as políticas do ministro da Economia Paulo Guedes, a matéria exalta a aprovação da reforma da Previdência, vista pelo jornalista como uma vitória que, de acordo com ele, garantiu “uma economia projetada de mais de R$ 800 bilhões nos próximos dez anos”.

Apesar do título e da exaltação à política de Guedes, o texto deixa escapar de maneira inevitável que o “desemprego, no entanto, pouco regrediu e ainda atingia em novembro 11,9 milhões de brasileiros”. O otimismo, no entanto, segue perseguindo o jornalista que aponta “sinais de uma retomada ainda tímida da economia”, para, logo a seguir, lembrar que “o índice Ibovespa chegou ao recorde histórico de pontuação (117 mil pontos) na última quinta”.

A internet, mais uma vez, não perdoou. Uma saraivada de memes e postagens seguiu, ao longo da manhã, perguntando ao jornal da família Marinho, para quem a situação estava melhorando. Veja abaixo:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum