Rafinha Bastos vence Marcius Melhem na Justiça em ação sobre sátiras de acusações de estupro

TJSP reverteu decisão que obrigava Rafinha Bastos a pagar multa de R$ 500 por dia por vídeos que satirizavam uma entrevista de Marcius Melhem se explicando sobre acusações de estupro

O comediante Rafinha Bastos venceu na Justiça o ex-diretor departamento de humor da Rede Globo, Marcius Melhem, e poderá manter no ar vídeos que satirizam declarações do global sobre as acusações de estupro.

Segundo o portal Uol nesta segunda-feira (5), decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo reverteu sentença da juíza Tonia Yuka Koroku, que aplicou multa de R$ 500 por dia ao humorista, que se recusou a retirar os vídeos do ar.

Com a decisão colegiada, Rafinha não precisará pagar a multa e poderá manter os três vídeos, em que chama Melhem ironicamente de “vítima”, nas suas redes sociais.

Em contato com a Fórum a assessoria dos advogados de Marius Melhem afirmam que “a decisão final [sobre o processo] ainda não saiu” e que, diferentemente do que diz a reportagem do Uol, os vídeos foram retirados do ar e o ator não responde por acusações de estupro.

Leia a nota da assessoria

“O comediante Rafinha Bastos não venceu, a decisão final ainda não saiu. A multa foi apenas suspensa. Além disso, Marcius Melhem não responde por nenhuma acusação de estupro. Para finalizar, o comediante Rafinha Bastos não está sendo processado por Marcius Melhem por ironia e sim, por ofensa. É bom salientar ainda que os vídeos continuam fora do ar por determinação da Justiça”.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta.

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR