Sikêra Jr. cria anunciante falso pra fazer “pegadinha” com detratores

“Eu criei essa ótica. Isso se chama isca e um monte de lacrador foi pra lá, mandando [mensagem] no WhatsApp, dizendo que nunca mais botava o pé nessa ótica”, disse o apresentador

O apresentador bolsonarista do Alerta nacional, da RedeTV! Sikêra Jr. criou uma empresa falsa, a Óticas Tambaqui, para, segundo ele, servir de “isca” a “um monte de lacradores”. Depois de mais de uma semana oferecedo promoções para os telespectadores com propagandas enganosas, ele decidiu assumir, nesta quinta-feira (22), que a loja nunca existiu.

“Vocês lembram da Óticas Tambaqui, que anuncia aqui. E ontem a gente até sorteou uma agenda. Deixa eu dizer uma coisa para vocês?”, iniciou o apresentador. “Essa Ótica não existe. Eu criei essa ótica. Isso se chama isca e um monte de lacrador foi pra lá, mandando [mensagem] no WhatsApp, dizendo que nunca mais botava o pé nessa ótica. Como, se não existe?”

Sikêra Jr. ainda xingou de “satânicos” e “malignos” as pessoas que aderiram à campanha de desmonetização de seu programa na TV e na web. Ele contou que criou o perfil da loja no Instagram durante uma madrugada e ainda usou seu espaço na TV para fazer ameaças.

“O bom é que eu peguei todos os números de WhatsApp, aí fica mais fácil de achar. Instagram é mais fácil de falsificar. Pelo WhatsApp não. Agora eu lhe acho. E a gente vai ter que dividir o prejuízo. Você contratando seu advogado já é lucro pra mim”, disse.

Desmonetização

Após campanha de desmonetização encabeçada pelo Sleeping Giants Brasil, Sikêra Jr. perdeu mais de 70 patrocinadores em função de falas homofóbicas em seu programa na televisão e no canal do YouTube.

Entre as marcas que deixaram de investir estão a MRV, Tim, HapVida, Magazine Luiza, Nivea, Ford, Casas Bahia, Samsung, Renault, Kwai, PicPay Mercedes Benz e Globo.

A reação das empresas foi motivada pelas declarações de Sikêra Jr. No dia 25 de junho, ele utilizou seu programa para disseminar discurso de ódio contra a comunidade LGBTQIAP.

“A criançada está sendo usada. Um povo lacrador que não convence mais os adultos e agora vão usar as crianças. (…) Deixa essa tara, não vem para o lado das crianças. (…) A gente tá calado engolindo essa raça desgraçada. (…) O comercial é podre, nojento, ridículo”, disse o apresentador ao vivo, ao comentar comercial do Burger King em respeito à diversidade.

Publicidade

Depois da declaração, o bolsonarista virou alvo de um boicote de empresas que o patrocinavam.

Com informações do Notícias da TV

Publicidade
Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR