sábado, 26 set 2020
Publicidade

Vídeo: Miriam Leitão diz que economistas se decepcionaram com Bolsonaro em 2019

Ela bem que tentou afagar a política econômica neoliberal levada ao poder por Paulo Guedes, mas Miriam Leitão admite que 2019 não foi um ano fácil para ela – e para os brasileiros – com a ascensão e os achaques de Jair Bolsonaro, eleito em grande parte pela campanha de difamação movida pela Globo contra os governos progressistas de Lula e Dilma Rousseff.

Atacada covardemente por Bolsonaro e sua milícia virtual desde antes do fechamento das urnas em 2018, Miriam Leitão atribuiu em um vídeo nas redes sociais as dificuldades de 2019 às decepções sofridas pelos economistas.

“2019 foi um ano difícil porque os economistas achavam que iam crescer mais, aí foi uma decepção no meio do caminho”, disse a jornalista, que assim como fez com a Argentina de Maurício Macri e o Chile de Sebastián Piñera, teve que rever suas análises sobre a política econômica de Bolsonaro e Guedes.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.