sexta-feira, 18 set 2020
Publicidade

Weintraub diz que Enem foi o melhor de todos e repórter do JN rebate: “Não foi”

O Jornal Nacional, da Rede Globo, não poupou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, ao reportar os problemas na correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A imprecisão das informações dadas pelo governo Federal foi bastante criticada na edição desta segunda-feira (20) do telejornal.

Logo após exibir fala dita por Weintraub na sexta-feira dizendo que o Enem de 2019 foi o “melhor de todos os tempos”, a repórter do JN, Zileide Silva, foi direta e disse: “Não foi”. O chefe do MEC fez a declaração logo que as notas da prova foram reveladas.

A partir daí, a reportagem mostrou que enquanto diversos estudantes começavam a reclamar que as notas estariam trocadas, o ministro tentava minimizar o problema, dizendo que menos de 0,1% dos que fizeram a prova foram afetados – cerca de 6 mil estudantes.

“De novo minimizou”, foi o que disse a repórter ao exibir uma declaração dada por Weintraub nesta segunda-feira, quando tentou explicar o processo da máquina de impressão que teria gerado a confusão na correção.

Segundo o INEP, 5954 candidatos foram afetados e tiveram as notas corrigidas nesta segunda-feira. Levantamento do Estado de S. Paulo aponta que mais de 60 mil estudantes reclamaram que as notas estariam trocadas e pediram recorreção da prova.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.