Imprensa livre e independente
05 de outubro de 2017, 16h31

Morre Ruth Escobar, aos 81 anos

Ruth sofria de Alzheimer e vinha sofrendo com a doença nos últimos anos. O velório dela deverá ocorrer no teatro que leva o nome dela, que fica na Bela Vista, em São Paulo

Ruth sofria de Alzheimer e vinha sofrendo com a doença nos últimos anos. O velório dela deverá ocorrer no teatro que leva o nome dela, que fica na Bela Vista, em São Paulo Da Redação* Morreu na tarde desta quinta-feira (5), aos 81 anos, a atriz e produtora Ruth Escobar. A informação é da Associação de Produtores de Espetáculos Teatrais do Estado de São Paulo (Apetesp). Ela morreu entre 13h30 e 14h, no Hospital 9 de Julho, na Bela Vista. Maria Ruth dos Santos Escobar nasceu no Porto, em Portugal, em 1936, e se mudou para o Brasil em 1951....

Ruth sofria de Alzheimer e vinha sofrendo com a doença nos últimos anos. O velório dela deverá ocorrer no teatro que leva o nome dela, que fica na Bela Vista, em São Paulo

Da Redação*

Morreu na tarde desta quinta-feira (5), aos 81 anos, a atriz e produtora Ruth Escobar. A informação é da Associação de Produtores de Espetáculos Teatrais do Estado de São Paulo (Apetesp). Ela morreu entre 13h30 e 14h, no Hospital 9 de Julho, na Bela Vista.

Maria Ruth dos Santos Escobar nasceu no Porto, em Portugal, em 1936, e se mudou para o Brasil em 1951. Ela foi uma das mais notáveis personalidades do teatro brasileiro, empreendedora de muitos projetos culturais, especialmente comprometidos com a vanguarda artística.

Ruth sofria de Alzheimer e vinha sofrendo com a doença nos últimos anos. O velório dela deverá ocorrer no teatro que leva o nome dela, que fica na Bela Vista. O horário ainda não foi definido.

A filha de Ruth, a cantora e atriz Pat Escobar, lamentou a morte da mãe em sua página no Facebook. “Partiu! Mãe! Saudades de tudo! O Christian estará aí para te receber! Agora só amor, paz, descanso… saudade!”, dizia a mensagem.

Veja também:  Bispo licenciado da Universal e Advogado-Geral da União entram na lista para ministro "terrivelmente evangélico" do STF

*Com informações do G1

Foto: Reprodução TV Cultura

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum