Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de março de 2019, 23h05

8M em fotos: Ato das mulheres em Brasília reúne milhares

Pela primeira vez, a Polícia Militar não permitiu que a tradicional Marcha das Mulheres em Brasília seguisse da Esplanada dos Ministérios até o Congresso; ato do Dia Internacional da Mulher, no entanto, seguiu de forma pacífica com homenagens a Marielle Franco e Lula; confira imagens

Foto: Arnaldo Saldanha

Além de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Fortaleza e inúmeras outras capitais, mulheres saíram às ruas para marcar o Dia Internacional da Mulher, nesta sexta-feira (8), também na capital federal.

Um fato que intrigou manifestantes é que neste ano, pela primeira vez, a Polícia Militar não permitiu que a marcha seguisse da Esplanada dos Ministérios, onde começou, até o Congresso Nacional. As manifestantes, então, tiveram que retornar pela pista oposta à descida da Esplanada.

Apesar da “novidade”, o ato seguiu de forma pacífica e contou com muitas homenagens a vereadora Marielle Franco, assassinada há quase um ano no Rio de Janeiro, e ao ex-presidente Lula, preso em Curitiba desde abril do ano passado.

Lideranças políticas e de movimentos sociais se juntaram às milhares de manifestante que encaparam palavras de ordem contra o governo de Jair Bolsonaro, contra o machismo e por mais direitos.

O fotógrafo Arnaldo Saldanha, colaborador da Fórum, registrou tudo em fotos.

Confira.

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha

 

Foto: Arnaldo Saldanha


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum