Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de julho de 2018, 16h25

AO VIVO: Por Lula livre, militantes iniciam greve de fome no prédio do STF

Seis militantes de movimentos populares acabam de chegar ao prédio do STF, onde iniciarão uma greve de fome até que a Corte decida em favor da liberdade de Lula; acompanhe ao vivo

Militantes prestes a fazer a última refeição antes do início da greve de fome (Foto: PT na Câmara)

Seis militantes de movimentos populares chegaram por volta das 16h desta terça-feira (31) no prédio do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, onde iniciarão uma greve de fome em prol da liberdade do ex-presidente Lula.

A greve de fome foi anunciada na tarde desta segunda-feira (30) e tem como objetivo pressionar os ministros Supremo Tribunal Federal (STF) para que decidam em favor da soltura de Lula e para que o petista possa se candidatar à presidência nas eleições deste ano. Os grevistas querem também chamar a atenção para a volta da fome e da miséria no Brasil.

“A fome está voltando. Por isso a gente hoje toma esse gesto de paz, iniciando uma greve de fome amanhã às 16h. O fim dessa greve de fome caberá aos ministros do STF. E ninguém de nós é suicida, nós amamos a vida e queremos viver. Agora, após alguns dias de jejum, se algo de grave acontecer com um de nós, há culpados e responsáveis”, disse Frei Sérgio, um dos grevistas e militante do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA). Além do Frei, entram em greve de fome Jaime Amorim, Vilmar Pacifico, Zonália Santos, Luiz Gonzaga Silva (Gegê) e Rafaela Alves – todos militantes de movimentos populares

De acordo com João Pedro Stédile, da coordenação da Frente Brasil Popular (FPB), os militantes se colocaram à disposição em fazer greve de fome por conta própria e o protesto só terá fim quando o ex-presidente Lula for solto e tenha assegurado seu direito de se candidatar nas eleições deste ano.

Ao chegar no prédio do STF, os militantes protocolaram um documento com uma lista de reivindicações.

Acompanhe ao vivo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum