Atos pelo Dia da Consciência Negra tomam o Brasil com o lema Fora Bolsonaro Racista; confira

Mobilizações pelo Dia da Consciência Negra começaram às 7h da manhã com a lavagem da estátua de Zumbi dos Palmares, em Salvador; veja fotos e vídeos

Movimentos negros tomaram as ruas neste sábado (20) em razão das manifestações pelo Dia da Consciência Negra, data que marca a ocasião da morte de Zumbi dos Palmares. Além de levantar a bandeira antirracista, os movimentos sociais pediram o impeachment do presidente Jair Bolsonaro e ecoaram o lema “Fora Bolsonaro racista”.

Os atos foram convocador por Anatorg, Coalizão Negra por Direitos, Convergência Negra, Campanha Nacional Fora Bolsonaro e frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo. “A população negra sempre edificou o Brasil! Movimenta a economia, protege a natureza, cuida dos mais velhos e das crianças! Chega de genocídio! O povo negro quer viver! No Dia da Consciência Negra vamos ocupar as ruas de todo país contra o racismo!”, disse manifesto divulgado pela Campanha fora Bolsonaro.

O dia de lutas começou com a lavagem da estátua de Zumbi, no Pelourinho, em Salvador. A partir das 7h, movimentos promoveram a 13ª cerimônia de lavagem do monumento. A partir das 13h, foi realizado um ato pelas ruas da capital baiana.

São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, Belo Horizonte, Brasília, Belém, Florianópolis, Porto Alegre e Campo Grande estão entre as capitais que se mobilizaram neste 20 de novembro entre a manhã e a tarde. Milhares de pessoas tomaram as ruas para gritar contra o racismo, pedir o fim do genocídio do povo negro e defender a derrubada do governo Bolsonaro.

Confira vídeos e fotos dos atos pelo Dia da Consciência Negra:

Ato pelo Dia da Consciência Negra em Madureira, no Rio de Janeiro | Foto: Renan Silva/Sintufrj
Ato pelo Dia da Consciência Negra em Madureira, no Rio de Janeiro | Foto: Renan Silva/Sintufrj
Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR