Fórum Educação
13 de agosto de 2019, 19h02

Atos pela educação são marcados por homenagens a Fernando Santa Cruz

Vítima de desaparecimento forçado durante a ditadura militar, Fernando Santa Cruz foi lembrado nos atos do #Tsunami13Agosto; ele é pai de Felipe Santa Cruz, atual presidente da OAB que vem sendo alvo de ataques de Jair Bolsonaro

Foto: Rebeca Balchior/CUCA da UNE

Fernando Santa Cruz, vítima de desaparecimento forçado durante o regime militar e declarado como morto apenas em 2019, recebeu homenagens dos estudantes nas manifestações desta terça-feira (13), dia marcado por atos contra as medidas de desmonte do governo Bolsonaro na Educação, como os cortes orçamentários e o programa Future-se.

Fernando foi alvo de ataques por parte do presidente Jair Bolsonaro direcionados para o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, filho do desaparecido. “Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade”, disse Bolsonaro. O rapaz, que tinha 26 anos, desapareceu em 23 de fevereiro de 1973, foi levado à Casa da Morte em Petrópolis, e teve seu corpo incinerado em usina de açúcar.

O Diretório Central de Estudantes da Universidade Federal Fluminense, batizado de Fernando Santa Cruz, fez uma homenagem durante a concentração para o ato do Rio de Janeiro. Estudantes levantaram placas de rua com o nome do desaparecido e cartazes em defesa da memória, verdade e justiça.

Rosalina Santa Cruz, irmã de Fernando, presente no ato do Rio de Janeiro | Foto: Rebeca Belchior/CUCA da UNE

Em São Paulo, o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Iago Montalvão, também fez uma homenagem ao militante morto pela ditadura militar e vestiu uma camisa com o rosto de Fernando estampado.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum