quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Bolsonaristas em Brasília voltam a pedir intervenção militar

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (sem partido) disse pelo Twitter, neste domingo (21), que as manifestações pró-Bolsonaro que acontecem em Brasília e em outras capitais são democráticas. A declaração vem em meio ao inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura a organização e financiamento de atos em apoio ao presidente que pregam ataques às instituições.

Para o filho do presidente, os protestos são democráticos pelo fato de reunirem “senhoras e família”.

“Mais uma manifestação sem incidentes com a PM, com muitas senhoras e família, todos vestindo as cores da bandeira do Brasil. Não é possível que isto seja visto como antidemocrático”, postou o parlamentar.

Na Esplanada dos Ministérios, no entanto, o que se viu foi, mais uma vez, pedidos por uma intervenção militar e também pela criminalização do comunismo, o que é antidemocrático.

Antifascistas, militantes de esquerda e manifestantes antirracismo também realizam um ato neste domingo na Esplanada dos Ministérios e um forte aparato de segurança, formado por policiais, separa os grupos pró e contra o governo.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.