Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de maio de 2018, 19h08

Coletânea de textos denuncia o desmonte de empresas públicas

“Se é Público é Para Todos” reúne artigos de Rita Serrano, Fernando Nogueira da Costa e João Moraes, com organização do sociólogo Emir Sader

A obra “Se é Público é Para Todos” reúne textos de Rita Serrano, representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, do economista Fernando Nogueira da Costa (sobre bancos estatais) e do coordenador da FUP, João Moraes (trajetória da Petrobras), com organização do sociólogo Emir Sader, que também participa com textos. A coletânea marca a defesa das empresas públicas e de seus trabalhadores e reúne ensaios relacionados à temática, com destaque para as trajetórias e importância da Caixa e Petrobras no desenvolvimento do país.

Rita Serrano, coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas e representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, autora do capítulo sobre o banco, destacou que “as empresas públicas investiram R$ 56 bilhões em saneamento, energia elétrica e moradia. O Estado não pode abrir mão de setores estratégicos para o desenvolvimento do País”.

Com o apoio da Fenae e da Federação Única dos Petroleiros (FUP), a obra é organizada pelo sociólogo Emir. “É essencial que os colegas da Caixa, os trabalhadores e a sociedade em geral tenham noção das ameaças e se mobilizem”, diz o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira.

Para adquirir um exemplar basta entrar em contato pelo e-mail publicccomite@gmail.com. Os valores serão revertidos para a campanha “Se é público, é para todos´, lançada em 2016 para defender empresas e demais bens públicos dos brasileiros.

Confira os próximos lançamentos
04/05 – Encontro Estadual dos Bancários do Piauí (local a definir)
08/05 – Congresso Nacional, Auditório Nereu Ramos, a partir das 9h
25/05 – Data indicativa, no Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte
29/05 – Data indicativa, no Sindicato dos Bancários de São Paulo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum