O que o brasileiro pensa?
26 de junho de 2020, 16h16

Funcionários do Metrô de SP prometem greve em 1º de julho, mesmo dia da greve dos entregadores

Ampla maioria da categoria aprovou greve contra o corte de benefícios e retirada de direitos em meio à pandemia do coronavírus; trabalhadores esperam uma contraproposta do governo

Arquivo/Sindicato dos Metroviários de São Paulo

Em assembleia virtual realizada na noite desta quinta-feira (26), funcionários do Metrô de São Paulo filiados ao Sindicato dos Metroviários aprovaram, por ampla maioria, a deflagração de uma greve a partir do dia 1º de julho.

Nesta data, está marcada uma greve nacional dos entregadores de aplicativos, que reivindicam melhores condições de trabalho em maio à pandemia do coronavírus.

Ao todo, mais de 2500 trabalhadores participaram da assembleia, sendo que 90,42% deles votaram a favor da greve.

O motivo da mobilização é o fato do governo do estado, chefiado por João Doria, junto à empresa que administra o metrô, ter decidido, segundo a categoria, cortar direitos e benefícios, e não ter aceitado negociar as mudanças somente após a pandemia do coronavírus.

Entre os pontos decisivos para os trabalhadores optarem pela greve, estão o não reajuste de salários e benefícios, a redução das horas extras de 100% para 50%, o fim do adicional de risco à vida para alguns tipos de funcionários, a redução do adicional noturno de 50% para 20%, entre outros pontos.

Até o dia 1º, data inicialmente marcada para a greve, os metroviários esperam uma contraproposta do governo, que será avaliada em nova assembleia no dia 30 de junho, podendo assim a paralisação ser suspensa.

Confira, abaixo, todas as reivindicações dos trabalhadores do Metrô.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum