Fórum Educação
30 de abril de 2020, 21h27

Incêndio em ocupação de Guarulhos deixa mais de 200 famílias só com a roupa do corpo, em meio à pandemia

Lideranças da Ocupação Nova Vitória, diante das constantes ameaças que recebem, acreditam que o incêndio foi criminoso; centenas de pessoas perderam tudo

Divulgação/MTST

Um incêndio de grandes proporções destruiu praticamente metade da ocupação Nova Vitória, em Guarulhos (SP), onde vivem aproximadamente 400 famílias.

O fogo, que começou por volta das 15h30, transformou em cinzas pelo menos 200 barracos e centenas de pessoas perderam tudo, inclusive documentos, e ficaram somente com a roupa do corpo em meio a uma situação já difícil da pandemia do coronavírus.

“Muitas famílias vão ter que começar do zero. Estão sem absolutamente nada”, disse à Fórum uma das lideranças da ocupação, que é filiada ao MTST, Zelidio Barbosa Lima.

Fogo destruiu ao menos 200 barracos e centenas de pessoas perderam tudo (Divulgação)

A ocupação existe desde junho de 2019 e, segundo as lideranças locais, sempre foi alvo de ameças e, por isso, a desconfiança é de que o incêndio tenha sido criminoso.

“Já recebemos várias ameaças, pessoas dizendo que ‘isso aqui tem que queimar’. O Estado não quer a gente aqui, o aeroporto não quer a gente aqui”, relatou Zelidio.

Segundo ele, o incêndio só não foi pior pois a ocupação conta com um treinamento de brigada anti-incêndio, e um estrago maior foi evitado graças a ação dos brigadistas e do corpo de bombeiros.

Parte das famílias que ficaram desabrigadas por conta do fogo foram remanejadas para a Ocupação Hugo Chávez, também em Guarulhos, e outra parte foi acolhida por famílias que não tiveram seus barracos atingidos pelo incêndio.

A ocupação inicia agora uma campanha de arrecadação de alimentos, roupas e materiais de construção. Para ajudar, basta ligar no telefone disponível neste link.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum