Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de janeiro de 2020, 23h49

Mais uma vez, PM reprime manifestação do Movimento Passe Livre em SP

Até mesmo a Rota, a Força Tática e a cavalaria foram utilizadas pela PM para agredir os manifestantes; pelo menos três pessoas foram detidas

Foto: CMI-SP

A quarta manifestação promovida pelo Movimento Passe Livre (MPL) contra o aumento das tarifas do transporte público em São Paulo, nesta quinta-feira (23), foi marcada, assim como as anteriores, pela violência policial.

O ato teve início no Terminal Parque Dom Pedro 2º, região central da capital paulista, no final da tarde, e seguiu pelas ruas da região, sempre acompanhado de um enorme efetivo policial. Os manifestantes passaram em frente a Secretaria Estadual de Transportes e também em frente a Secretaria de Segurança Pública, onde realizaram escrachos.

Já no final do ato, quando os manifestantes se encaminhavam para a estação Liberdade do metrô, a Polícia Militar fez um cordão de isolamento para impedir que os presentes avançassem. Catracas de papel, então, foram queimadas em um gesto simbólico, o que despertou a fúria dos policiais, que iniciaram um ataque com agressões físicas, bombas de gás e spray de pimenta.

De acordo com o Movimento Passe Livre, a PM utilizou até mesmo a Rota, a cavalaria e a Força Tática para reprimir os manifestantes. Ao menos três pessoas foram detidas. A polícia, até o momento, não informou o motivo das detenções.

O próximo ato do movimento deve acontecer em uma semana – será um escracho, na quinta-feira (30), em frente à Secretaria de Segurança Pública, como forma de protesto contra a violência policial.

Confira, abaixo, a íntegra da nota do Movimento Passe Livre sobre a manifestação desta quinta-feira.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum