domingo, 27 set 2020
Publicidade

MST anuncia distribuição de quentinhas para entregadores durante greve

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) anunciou nesta sexta-feira (24) que irá apoiar os entregadores na greve realizada pelos trabalhadores no sábado (25), celebrado como o dia do trabalhador e da trabalhadora rural. O MST pretende distribuir quentinhas para os grevistas em Alagoas.

“Prestar solidariedade aos trabalhadores de aplicativo que vivem cotidianamente submetidos a uma lógica de muita precarização do seu trabalho é uma forma de dizer que essa luta também é nossa e que mesmo vivendo no campo, defendemos que todos e todas tenham seus direitos garantidos”, afirmou Débora Nunes, da coordenação nacional do MST.

“Enfrentamos um período repleto de dificuldades e desafios para aqueles que lutam e resistem no campo e na cidade e é fundamental que estejamos juntos e juntas na defesa de uma sociedade mais justa”, completou.

A ação de solidariedade deve ocorrer pela manhã de sábado nos pontos de concentração da mobilização dos trabalhadores com entregas. Segundo o MST, as marmitas levam em seu cardápio uma expressão daquilo que os Sem Terra de Alagoas produzem cotidianamente em seus territórios.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o MST vem organizando doações de alimentos para pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social, agravada pela pandemia.

25 de julho

Os entregadores buscam promover um segundo “breque” nos aplicativos em busca de melhores pagamentos e condições de trabalho. A última greve da categoria, realizada no dia 1º de julho, teve grande adesão e ocorreu em diversas capitais do país.

Na última quarta-feira (22), o programa Fórum Sindical, da revista Fórum, recebeu Paulo Lima “Galo”, líder dos entregadores antifascistas, para uma conversa sobre organização da classe trabalhadora no enfrentamento das corporações globais.

Assista:

Lucas Rocha
Lucas Rocha
Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.