Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de setembro de 2019, 22h33

MTST faz ato em frente ao supermercado onde jovem negro foi torturado, em SP

Coletivo negro denunciou a violência arbitrária contra negros e pobres em frente a unidade do supermercado Ricoy onde um jovem foi torturado com chicoteadas após furtar uma barra de chocolate; Fórum apurou que prática de tortura é padrão na rede

Foto: Mídia Ninja

O coletivo negro do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) realizou, na tarde desta sexta-feira (6), um ato de protesto contra a violência e o racismo em frente ao supermercado Ricoy da Vila Joaniza, na Zona Sul de São Paulo.

Foi nesta unidade que, no início da semana, um jovem negro de 17 anos foi torturado por seguranças após furtar uma barra de chocolate. Ele relatou, inclusive, ter sido chicoteado com fios elétricos.

O caso gerou grande repercussão e os seguranças que participaram da sessão de tortura foram afastados e presos.

“Punição para o mandante do crime de tortura. Os donos do Ricoy são coniventes”; “Ricoy tem um DOPS”; “Livres do açoite da senzala. Vamos lutar contra o açoite e a miséria”, diziam alguns dos cartazes levados pelos manifestantes.

Padrão 

Fórum apurou que a prática de tortura seria comum na rede de supermercados Ricoy e teria acontecido em diferentes unidades e períodos.

Em um dos casos, um adolescente foi jogado da janela por seguranças. Em diversos outros, as agressões eram feitas com garrafas pet cheias de água, para não fazer barulho e não deixar hematomas.

Saiba mais aqui.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum