MTST lança serviço “Contrate quem luta”, para conectar sem-tetos a oportunidade de trabalho

Interessado pode contratar profissional cadastrado pelo movimento; iniciativa vale para Região Metropolitana de São Paulo; veja o contato e quais áreas estão disponíveis

O Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) lançou uma ferramenta para conectar militantes e sem-tetos a oportunidades de trabalho. Chamado “Contrate quem luta”, o serviço funciona por meio de um número de WhatsApp que tem um assistente virtual. Quando o interessado digita qual profissional quer contratar, ele localiza quem está mais próximo do contratante e coloca os dois em contato.

A ferramenta consegue conectar interessados e profissionais na Região Metropolitana de São Paulo.

Ao escrever uma mensagem para o BOT, o assistente virtual Leon responde: “Faço parte de uma campanha do MTST na Região Metropolitana de São Paulo para divulgar o trabalho de companheiras e companheiros que estão conosco na luta do dia-a-dia! Por aqui, você pode contratar pessoas com as mais variadas habilidades”.

Ele pede então para o interessado escrever qual serviço está buscando para contratar. E orienta a digitar “me ajuda” para que a pessoa veja as profissões cadastradas na base.

 O número para o contato é: 11 – 97195-0612.

Na lista de profissionais cadastrados, há 47 especialidades. Entre elas, estão azulejista, babá, cabelereira, costureira, cozinheira, cuidadora, diarista, DJ, eletricista, faxineira, gesseiro, manicure, motorista, motofretista, músico, pintor, pedreiro, serralheiro e segurança. Ainda há profissionais como auxiliar administrativo, contador, técnico em informática, auxiliar de produção, técnico em informática, analista de suporte, atendimento a cliente, balconista, conferente e metalúrgico.

E há ainda outras especialidades cadastradas, como administração, ajudante geral, atendente, auxiliar de cozinha, de dentista e de monitoramento, churrasqueiro, designer de sobrancelhas, educadora, garçonete, mestre de obras, operadora de caixa, porteiro, recepcionista, redatora, separador, serviços gerais, serviços gráficos e vendedora.

A contratação é acertada diretamente entre o interessado e o profissional.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR