domingo, 20 set 2020
Publicidade

Neonazistas estariam planejando ataques violentos contra antifascistas no RS

O policial civil Leonel Radde, do Rio Grande do Sul, denunciou, nesta sexta-feira (19), que um grupo de extrema-direita composto por neonazistas estaria planejando ataques violentos contra manifestantes pró-democracia e antifascistas no estado.

Nos últimos finais de semana, não só na capital gaúcha, como também em São Paulo, Rio de Janeiro e diversas outras cidades do Brasil, manifestantes antifascistas têm saído às ruas para defender a democracia e fazer frente aos atos antidemocráticos de apoiadores de Jair Bolsonaro.

Nesses atos bolsonaristas, é comum observar simbologias neonazistas em camisetas e bandeiras. Os simpatizantes do nazismo já chegaram a se fazer presentes, inclusive, em manifestações pró-democracia, como aconteceu em São Paulo no último domingo (14).

“Estarrecedoras as informações que recebi sobre um grupo da extrema direita formado por Skinheads e Neonazistas que estão planejando ataques violentos contra manifestantes pró-democracia e ANTIFAS no RS. Supostamente, existem agentes da segurança pública e políticos envolvidos”, escreveu Leonel Radde, conhecido por sua atuação contra grupos neonazistas e neofascistas, em suas redes sociais.

O policial informou que fará, ainda na noite desta sexta-feira, uma live para mostrar as provas da organização dos ataques de neonazistas.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.