O que o brasileiro pensa?
19 de junho de 2020, 10h45

Outdoors contra Bolsonaro sofrem censura em cidade comandada por filho do líder do governo no Senado

Painéis instalados pela Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares em Petrolina (PE) foram cobertos

Reprodução/Rede Nacional de Médicos e Médicas Populares

Três dos quatro outdoors instalados pela Rede Nacional de Médicos e Médicas Populares (RNMMP) na cidade de Petrolina (PE) foram parcialmente cobertos menos de 24h após a instalação. As mensagens, colocadas na noite de quarta-feira (17), eram a favor do Sistema Único de Saúde (SUS) e contra o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo informações de Vanessa Gonzaga, do Brasil de Fato, os painéis apareceram cobertos na quinta-feira. O recado em favor do SUS foi mantido, mas o “Fora Bolsonaro” foi escondido. Os responsáveis ainda não foram identificados.

O único painel que não foi atingido estava localizado dentro de propriedade particular.

Fontes ouvidas pelo jornal afirmaram que a prática é recorrente na cidade contra grupos de oposição. “Estamos vivendo um momento estranho em Petrolina. Nem na ditadura militar a gente sofria esse tipo de repressão”, declarou o sujeito que não foi identificado.

Desde 2016, a cidade considerada a Capital do São Francisco é comandada por Miguel Coelho, filho do senador Fernando Bezerra Coelho. O mandatário foi eleito pelo PSB, mas migrou para o MDB em 2019. O pai é o líder do governo Bolsonaro no Senado Federal.

Aristóteles Cardona, médico da família e membro da RNMMP, disse que o sentimento entre os profissionais de saúde é de indignação. ““Aqui em Petrolina estamos indignados com a história. Vamos discutir como nos posicionar”, declarou.

Reprodução/Rede Nacional de Médicos e Médicas Populares

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum