O que o brasileiro pensa?
03 de junho de 2020, 16h29

Pesquisa por antifascismo no Google bate recorde e Brasil lidera buscas sobre o tema

A última vez que a pesquisa sobre antifascismo no Google bateu recorde no Brasil foi em outubro de 2018, mês da eleição presidencial

Foto: Plataforma Antifascista/Reprodução Facebook

Motivada pelas manifestações antifascistas que ocorreram no último domingo (31) em todo o país contra o presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores que encampam atos antidemocráticos, a população brasileira foi ao Google para entender mais sobre o toma do antifascismo e as buscas bateram recorde.

A pergunta “o que significa ser antifascista”, por exemplo, atingiu o maior pico da história da plataforma no Brasil nos últimos sete dias: o Google Trends registrou um aumento 4.500% nas buscas.

Além do recorde na pesquisa, o Brasil se tornou, de acordo com levantamento do Google, o país que mais busca sobre o tema, seguido por Estados Unidos e Hong Kong.

Nos últimos dias, internautas preencheram as linhas do tempo das redes sociais com avatares antifascistas. Novas manifestações de torcidas, movimentos sociais e outras organizações, que terão como mote o antifascismo e a derrubada do governo Bolsonaro, estão marcadas para acontecer no próximo final de semana em todo o país.

Assista, abaixo, entrevista feita pela Fórum com Danilo Pássaro, membro da Gaviões da Fiel e do coletivo Somos Democracia, que organizou o ato antifascista do último domingo (31) em São Paulo, e Flavio de Castro, professor que está envolvido na organização de protestos antifascistas em Belo Horizonte.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags