Fórum Educação
13 de Maio de 2020, 15h39

Senador aciona MP e PGR para investigar grupos armados em acampamento bolsonarista

Rogério Carvalho (PT-CE) pede que o acampamento "300 do Brasil", que prega o fechamento do STF e intervenção militar, seja investigado por conta da revelação de que há no grupo manifestantes armados

Reprodução/Instagram

O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho (SE), protocolou no Ministério Público do Distrito Federal e na Procuradoria-Geral da República (PGR), nesta quarta-feira (13), uma representação contra o acampamento bolsonarista “300 do Brasil”, liderado pela “ex-feminista” Sara Winter.

Nesta terça-feira (12), Sara Winter, que é ex-funcionária do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, de Damares Alves, revelou à BBC Brasil que o grupo conta com manifestantes armados para sua “própria segurança”.

Defensora de bandeiras neonazistas, Sara Winter já expressou que o grupo dos “300 de Brasília” tem como intuito o “extermínio da esquerda”, e os membros do acampamento pregam uma intervenção militar e o fechamento de instituições como o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional, em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

“Tendo em vista as restrições legais e constitucionais à formação de grupos armados e ao porte de armas em manifestações, seria importante a atuação do Ministério Público para averiguação e, se for o caso, sanção às transgressões, solicitando, por exemplo, a determinação pelo Poder Judiciário de busca e apreensão no local”, escreveu Rogério Carvalho na representação.

O senador petista diz ainda, na ação, que a própria legalidade do movimento deve ser questionada, “uma vez que sua bandeira envolve o fechamento das instituições democráticas – Congresso e Supremo Tribunal Federal – e a intervenção militar no país, o que nos parece extrapolar de mera manifestação do direito à liberdade de expressão”.

Os “300 do Brasil” já são alvo de outra investigação pela Procuradoria-Geral da República. Na semana passada, deputados do PSOL pediram a abertura de um inquérito para apurar a atuação de Sara Winter em suposta “formação de milícia”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum