Sérgio Camargo vai excluir Elza Soares, Gil e Martinho da Vila da lista de personalidades negras

Presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo afirmou que o "critério de seleção" se dará "em razão do mérito e da nobreza de caráter"

Sérgio Camargo Nascimento, presidente da Fundação Palmares, anunciou pelas redes sociais que assinou portaria com mudanças na lista de personalidades negras da instituição. Segundo ele, o “critério de seleção” se dará “em razão do mérito e da nobreza de caráter”.

“Assinei hoje portaria que moraliza a lista de personalidades negras da Fundação Palmares. O critério de seleção passa a ser a relevante contribuição histórica. Haverá exclusão de vários nomes. Novas personalidades serão incluídas em razão do mérito e da nobreza de caráter”, tuitou Camargo nesta terça-feira (10).

Segundo o jornalista Guilherme Amado, da revista Época, entre as mudanças estaria que a homenagem só poderia ser póstuma, depois que a pessoa morreu.

Dessa forma, ficariam de fora nomes como Gilberto Gil, Elza Soares, Martinho da Vila, Zezé Motta, o senador Paulo Paim (PT-RS) e o atleta Vanderlei Cordeiro de Lima.

De acordo com Camargo, “a portaria entrará em vigor no dia 1 de dezembro, quando serão divulgadas todas as exclusões de nomes, assim como todas as novas personalidades negras, antes negligenciadas”.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.