Vídeo de Stuckert, fotógrafo de Lula, mostra imensidão do ato contra Bolsonaro na Paulista

Organizadores estimam que mais de 100 mil pessoas estiveram presentes na manifestação de São Paulo

Enquanto bolsonaristas brigam contra os fatos para minimizar os atos contra o presidente Jair Bolsonaro que aconteceram em todo o Brasil e também no exterior no sábado (19), vídeos e imagens mostram que as manifestações contaram com apoio popular massivo.

A maior delas foi a de São Paulo, na avenida Paulista. Os manifestantes chegaram a ocupar 9 quarteirões da principal via da cidade.

Neste domingo (20), o fotógrafo Ricardo Stuckert, que acompanha o ex-presidente Lula desde os tempos de Palácio do Planalto, divulgou um vídeo com imagens aéreas na manifestação. Nele é possível ver a imensidão do ato. Os organizadores estimam que mais de 100 mil pessoas estiveram presentes.

“Vacina no braço, comida no prato. São Paulo em defesa da vida ontem no #19J“, escreveu Lula ao compartilhar o vídeo.

Assista.

750 mil brasileiros nas ruas de 427 cidades

A Frente Brasil Popular e a Central de Movimentos Populares (CMP) afirmaram que mais de 750 mil brasileiros foram às ruas neste sábado (19) em 427 atos em defesa da vida, da vacina, do auxílio emergencial de R$ 600 e para pedir o impeachment de Jair Bolsonaro (Sem partido).

“Mais de 500 mil vidas que perdemos para a pandemia e para esse governo genocida, quantas mais perderemos até tirar Jair Bolsonaro do governo? Hoje ocupamos novamente as ruas de todo o país, os atos do #19JForaBolsonaro reuniram mais de 750 mil pessoas em 427 atos realizados no Brasil e em 17 países no exterior”, divulgou a Frente Brasil Popular pelo seu perfil no Instagram.

Publicidade

Notícias relacionadas

Publicidade
Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR