Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de abril de 2018, 15h56

Vídeo: PM bombardeia manifestação de estudantes da UnB

Em constante mobilização contra os cortes orçamentários que vêm culminando em demissões e precarização do ensino da UnB, estudantes foram violentamente reprimidos pela PM em um ato na Esplanada dos Ministérios; assista

Foto: NINJA

Dezenas de estudantes da Universidade de Brasília (UnB) foram violentamente reprimidos com bombas de gás e balas de borracha lançadas pela Polícia Militar, na tarde desta quinta-feira (26), durante uma manifestação pacífica na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF).

De acordo com a PM,quatro pessoas foram detidas por desacato, incitação à violência e desobediência. Elas foram encaminhadas à 5ª Delegacia de Polícia.

O ato contra os cortes orçamentários na universidade, que acontecia na Esplanada dos Ministérios, foi dispersado quando os estudantes se aproximaram do prédio do Ministério da Educação. De acordo com relatos, os policiais começaram a atirar bombas quando os estudantes começaram a gritar que os agentes estavam “do lado errado”.

Assista.

Mobilização contra os cortes

Estudantes ocupam a reitoria da UnB há duas semanas em um protesto contra os cortes orçamentários na instituição. De acordo com os alunos, a “crise financeira” que a reitoria usa para justificar os cortes se deve, na verdade, à PEC 55, que limita os gastos do governo em diversas áreas, entre elas a Educação.

Os cortes vêm culminando em medidas de austeridade, como a demissão de funcionários, a precarização do ensino e o aumento dos preços do Restaurante Universitário.

Nesta terça-feira (24), servidores públicos e os funcionários terceirizados da UnB deflagraram uma greve contra a ameaça de demissão, somando-se à mobilização dos estudantes.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum