quarta-feira, 30 set 2020
Publicidade

Adolescente de 16 anos é mordida pelo marido após defender pitbull em Minas Gerais

Jovem teve o nariz quebrado e ficou com o olho inchado e um corte de faca no calcanhar esquerdo

Uma adolescente de 16 anos foi mordida nos dois braços pelo marido no Morro do Papagaio, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. As agressões ocorreram após ela ter defendido o pitbull da família, o que irritou o companheiro, de 18 anos. A informação é do G1.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), realizado no domingo (13), o casal se preparava para sair com o cachorro quando ele se soltou e subiu no sofá de casa. O suspeito não gostou e agrediu o cão. A esposa então foi defender o animal e passou a ser agredida pelo homem.

Além das mordidas nos dois braços, ela teve o nariz quebrado e ficou com o olho inchado e um corte de faca no calcanhar esquerdo. A vítima desmaiou e foi socorrida por uma vizinha, que a levou para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O suspeito, no entanto, fugiu.

O caso viralizou nas redes sociais. Muitos internautas se surpreenderam com as agressões e com o fato da adolescente ser casada aos 16 anos. A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, condenou o ocorrido e destacou a pouca idade da vítima. “Notícia que chocou muita gente. Não é uma mulher, mas uma menina de 16 anos já casada, e agredida pelo marido. Sim, no Brasil há ainda casamentos nessa idade. E as agressores entre casais começam cada vez mais cedo”, escreveu no Twitter.

Apesar de considerar a adolescente de 16 anos uma “menina”, Damares foi uma das que foi contra o aborto da criança de 10 anos que engravidou após ser estuprada pelo tio no Espírito Santo.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.